23 de abr de 2012

Só um relance DT15 (meditação)

Nossa! Quando ouvi essa canção pela primeira vez eu disse: - Puxa que música é essa!
Vamos analisar essa linda canção.



Só um relance de Tua glória ilumina-me

Só um vislumbre dos Teus olhos

Traz paz ao meu coração


Quando leio este trecho imagino o quando o nosso Deus é maravilhoso, o quanto Ele quer nos fazer bem, o quanto ele é grande. Quando catamos que "só" é dizer que apenas basta um momento, um segundo, uma passagem.

Jesus, só de chamar o Teu nome

Os meus medos se vão


Nossa! Talvez essa seja a parte mais linda de todas, porque quando dizemos que basta chamar o nome de jesus pra que os nossos medos se vão, não há como não adorar o Senhor, não há como não haver rendição, não há como não haver cura, porque neste trecho pode-se ver que é ser totalmente dependente de Cristo.

Te Adorarei, Santo, Santo

Te amarei, Tu és digno



Quando expressamos o nosso louvor a Deus, dizendo o que de fato Ele é, mostra a nossa total dependência Ele. 

Só uma gota do Teu sangue purifica-me

Só uma marca do Teu lado cura toda a minha dor


Declarar esse trecho é valorizar o sacrifício de jesus por nó na cruz, dizer que nós não nos esquecemos do verdadeiro sentido de sua morte.

Só posso imaginar como será então

Quando eu Te contemplar totalmente

Ah, o grande dia! O dia em que veremos o senhor face a face. Quantos de nós anseia este dia, ver o amado face a face, contemplar sua glória

Tua glória eu verei face a face o Teu olhar

Em Teu abraço estarei para sempre

Naquele dia não haverá mais choro, pois Ele enxugará dos nossos lábios toda lágrima.

Sabe querido! eu estava neste congresso quando a Ana P. Valadão cantou essa música e eu vi o mover que Deus fez naquele grande dia, era uma presença viva e quente. Deus fez algo maravilho naqueles dias, acendeu a chama que se apagara.

Essa é uma canção muito espiritual, porque ela fala sobre o que a presença de Deus causa em nós, o ato de chamá-lo, de invocá-lo, cante consciente.

Nenhum comentário: